Promotor


Associação de Paralisia Cerebral de Almada Seixal

A APCAS – Associação de Paralisia Cerebral de Almada Seixal, fundada a 12 de janeiro de 2011 e IPSS desde julho de 2012, tem como fins estatutários a a prevenção, habilitação, reabilitação, participação, inclusão social e apoio à família da pessoa com paralisia cerebral, situações neurológicas afins, com área de intervenção geográfica correspondente à península de Setúbal.

Longo é já o trabalho desenvolvido na área da inclusão através do desporto, pois entendemos que a atividade desportiva regular da população com deficiência promove, não só hábitos de vida saudáveis, assim como ajuda na construção da personalidade de crianças e jovens, na realização pessoal e no socialização entre pares e junto da comunidade.

Através dos diferentes projetos, a APCAS já desenvolve atividade com alguns milhares de alunos com e sem deficiência, professores, e técnicos de desporto e de autarquias e com dezenas de escolas e instituições, tanto da sua área de intervenção como de outras regiões do país.



Fundação Calouste Gulbenkian

A Fundação Calouste Gulbenkian foi fundada em 1956, por testamento de Calouste Sarkis Gulbenkian, destinada a fomentar o conhecimento e  a melhorar a qualidade de vida das pessoas através das  artes, da beneficência, da ciência e da educação. A Fundação tem caráter perpétuo e desenvolve as suas atividades a partir da sua sede em Lisboa (Portugal) e das delegações em Paris (França) e em Londres (Reino Unido).

O Programa Cidadania Ativa é um instrumento de apoio às Organizações Não Governamentais (ONG), em vigor entre 2013 e 2016 e financiado pelo Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu (EEA Grants).

A sua gestão está a cargo da Fundação Calouste Gulbenkian, selecionada através de concurso público lançado em 2012.

O montante total do Programa eleva-se a € 8,7 milhões, tendo sido substancialmente reforçado em março de 2014 pelo Estados Financiadores do Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu (EEE): Noruega, Islândia e Liechtenstein. O seu período de execução prolonga-se até abril de 2016.